Episódio da Semana: #260 - Separação

Spoiler:

[Spoiler] Análise ao Capítulo 546

Este será, muito provavelmente, o último post meu aqui no blog. Todos devem ter notado a minha grande ausência tendo desde do momento que cheguei feito apenas um post. Acho que é algo inadmissível, mas vou tentar de alguma forma compensar a minha incompetência. Talvez seja tarde de mais, um pouco de fita-cola nunca remedeia tudo, mas de qualquer forma vou postar.

Li com atenção o post do Sideshow Bob, a quem agradeço a colaboração para com o blog e veio-me o bichinho para escrever aqui. Realmente ele tem razão, biografias e textos informativos está a internet cheia. Vou tentar aqui criar uma espécie de nova crónica semanal que espero que quem me substitua siga com isto porque considero uma ideia que pode seguir em frente.

Aviso: Todo o conteúdo que se segue contém spoilers para quem segue apenas o anime. Se não lês manga não é de todo aconselhável que prossigas com a tua leitura.

Análise da Semana
Capítulo 546 - Passado Vs. Presente


Para começar toda a análise aqui escrita terá carácter pessoal e será um texto de opinião. Poderão não concordar com o meu ponto de vista.

O capítulo começa com uma habitual página que inicia o capítulo e acção. Nessa página é nos apresentada uma nova personagem, Toroi o homem que controla o elemento do magnetismo. A ideia do Kishimoto é engraçada e ao que parece, pelo rosto dos guardas, é um poderoso ninja. Na página seguinte é nos mostrado a forma de fugir à sua habilidade: desviando.
Surgiu o óbvio, um ataque directo por parte do ninja que foi desviado por um daqueles shinobis e o outro protegeu-se. Era algo esperado, mas bem inserido pelo Kishimoto. Foi possível então conhecer a habilidade de Toroi um pouco mais afundo, no momento em que se toca nas suas armas um campo magnético surge em volta da pessoa que tocou e a arma que for arremessada irá segui-lo. (Algo que já surgiu noutros animes, mas de qualquer forma aceitasse aqui esta introdução). Depois veio algo que nos surpreendeu a todos: Naruto entra de forma triunfante e acaba com um único golpe com Toroi que nem tempo de antena teve. Agora surge-me uma questão: se era para inserir uma personagem para mostrar o poder de Naruto, para quê ser uma personagem com uma Kekkei Genkai interessante que podia ser explorada? E ainda há o factor Rasengan, sempre repetido. Se o Uzumaki tivesse entrado com um forte pontapé ou com um jutsu do seu elemento os nossos rostos com certeza que expressariam uma surpresa maior. Um Rasengan para variar e uma imagem que parece a cópia da batalha contra o Pain, quando o Naruto derrotou o corpo mecânico com um único ataque em Sennin Mode. O Kishimoto tem que variar, o Naruto usa sempre o Rasengan e o Sasuke em todos os ataques usa o Chidori e ponto final. Ambos fazem entradas em estilo, mas sempre o mesmo estilo acaba por enjoar e o estilo deixa de o ser. Continuando...
A cara do Kabuto apareceu numa altura muito boa e deixa questões no ar. Porquê será que ele fez aquela cara? Seria pelo poder do Naruto? Pela facilidade que o seu zombie foi derrotado? Ou será que aconteceu algo mais?
Outro pormenor, mas este menos evidente, numa página o Naruto saiu do Kyuubi Mode e na outra já estava de novo nesse modo. Será que a cada pequeno intervalo o Naruto saí do seu modo para acumular mais chakra ou haverá outras razões? Os Kaga Bunshins continuam em Kyuubi Mode mesmo depois do original ter saído? São questões que têm de ser respondidas pelo Kishimoto através dos seus desenhos.
Depois disto tudo vem a melhor parte do capítulo, a entrada do Gaara e do Tsuchikage. Aquele Tsunami gigantesco pronto para devorar os Kages revividos. Quando o pai do Sabaku se refere ao poder do Gaara como o poder do Ichibi foi possível ver o quanto cresceu o actual Kazekage. O seu próprio poder ser comparado ao de um bijuu. Foi também possível ver também que o pai do Gaara não era nenhum fraco e conseguiu parar muito bem o ataque deste que se revelou como uma simples distracção fatal, para as mãos de areia surgirem e agarrarem os antigos Kages, esplêndido. Na página seguinte foi possível ver que as próprias mãos eram também uma distracção para o Oonoki acabar com tudo aquilo com o seu Jinton. Logo a seguir vimos que o antigo Tsuchikage também usava o Jinton para além da capacidade de se tornar invisível. Vimos o choque entre os dois ataques e testemunhamos o grande poder daquela Kekkei Genkai.
No final foi possível ver que os Kages têm todas as suas tropas prontas para atacar e o capítulo acabou com uma frase muito boa.
Em suma, por pontuações.

Acção: 8/10 (A entrada do Naruto estragou um pouco a acção, está a tornar-se repetitiva mas foi inesperada, de qualquer forma. A mini batalha que se seguiu compensou em muito.)
História: 2/10 (Praticamente não se avançou na história.)
Geral: 7/10 (É complicado fazer um capítulo em que se avance na história com acção, mas os grandes mangakas conseguem-no fazer. O Kishimoto avançou pouco na história mas compensou-nos com uma acção frenética. A acção foi tão bem conseguida que este capítulo é lido num ápice, e aí se nota que o avanço história foi praticamente inexistente. De qualquer forma foi um óptimo capítulo por parte do Kishimoto.)

Previsões:
É complicado prever os próximos capítulos, mas eu tenho esperança que o Kishimoto consiga prolongar esta batalha por algum tempo, inserindo pelo meio mini batalhas do Naruto com os Zetsus. A batalha terá que ser grande para aproveitar tudo e espero que as habilidades tanto dos actuais Kages como dos anteriores sejam exploradas ao máximo. Não estou a ver mortes significativas nesta luta, mas nunca se sabe.

Perguntas aos leitores:
Ao longo do texto deixei várias perguntas no ar que gostaria que quem assim o desejasse, respondesse na zona de comentários. Vou agrupá-las aqui para facilitar a procura:

Se era para inserir uma personagem para mostrar o poder de Naruto, para quê ser uma personagem com uma Kekkei Genkai interessante que podia ser explorada?
Será que a cada pequeno intervalo o Naruto saí do seu modo para acumular mais chakra ou haverá outras razões?
Os Kaga Bunshins continuam em Kyuubi Mode mesmo depois do original ter saído?

2 comentários:

Japan n_n disse...

Oi você me segue de volta ?

Straw Hat disse...

Por acaso também não concordei muito com a pouca acção que o Toroi teve. Tinha uma habilidade muito interessante e realmente, já chega de ver o Naruto com os seus Rasengans para todo o lado. Penso que todo o grande poder deve ter limites assim como tinha o Sennin Mode. Talvez haja um limite de tempo para usar o Chakra da Kyuubi por inteiro e talvez seja a causa das suas interrupções. Quanto à última questão, penso que o que faria mais sentido era quando o original sair do Modo, os Bunshins fazerem o mesmo. Tal como acontecia com o Sennin Mode. Em suma, gostei da tua crónica, foi um belo post de despedida ;D

Sign Destacada

Sign Destacada
Por: Straw Hat

Opening e Ending actuais!

OP10: tacica - newsongED20: Hemenway - By my ide

 
Design by Free WordPress Themes | Edit by EroGaki | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Web Hosting